3 de nov de 2017

Lápis de cor apagável Faber-Castell - Resenha

Saudações caros visitantes!

Hoje vamos falar sobre os lápis de cor apagáveis da Faber-Castell. Tenho esses lápis há um bom tempo, entretanto, somente agora, tive vontade de fazer a resenha.


Os lápis de cor apagáveis da Faber-Castell foram criados para permitir que a tinta seja removida do papel. Mesmo assim, não é toda borracha que consegue fazer isso.

Utilizando madeira de excelente qualidade, mina com aproximadamente 4 mm de diâmetro e corpo triangular, de certa forma, esses lápis cumprem bem a função para a qual foram criados. A mina, extremamente dura e com pouquíssimo pigmento, permite não só remover a tinta do papel, quanto faz com que o material seja extremamente resistente.


Você não vai colorir com esses lápis, é impossível, não há pigmento suficiente para isso, mas os esboços, ele faz com maestria. Seu corpo triangular ajuda bem nesse quesito, são bem confortáveis.


Quanto a aparência, bom, tirando os rodamoinhos (infantilizam demais o material), não tenho do reclamar. Esse tipo de lápis não precisa de nome de cor e ele já traz impresso, a marca e a função dele em duas línguas. Sendo assim, isso é mais que o suficiente.


Os lápis possuem 17 cm de comprimento e todas as cores podem ser utilizadas para desenho, exceto o amarelo e o rosa, que quando utilizados no papel branco, praticamente não transferem cor alguma, talvez em papel escuro isso não aconteça.


A caixa demonstra bem todos pontos positivos do material e acomoda perfeitamente os lápis.


As cores mais claras são mais fáceis de apagar, mas todas apresentaram resultado mais que aceitável para um material tão simples.


As borrachas Tombow, Mono Knock e Zero, removem praticamente toda a tinta do papel, é fantástico. As demais, removem boa parte da tinta, mas deixam rastros. A Mercur Clean também trabalhou bem no papel texturizado e o lápis Faber-Castell de borracha, como esperado, remove praticamente toda a tinta do papel.

Não apresentei o resultado no teste, mas a borracha limpa tipos também trabalha bem com esses lápis, como esperado, ela não remove 100% da tinta, mas clareia o traço o suficiente para você fazer o lineart ou apagar com outra borracha.

Vejam o desenho que fiz, utilizando apenas o lápis roxo e o azul escuro, meus preferidos.



Só não calculei bem o tamanho do desenho, por isso faltou espaço para as rodas, mas posso fazer isso no computador, depois de finalizar tudo. Agora preciso decidir se vou pintar ou colorir esse desenho.

Queria comparar esse material com os lápis apagáveis da Prismacolor, mas eles estão caros demais, por isso deixei essa comparação para um futuro distante. A caixa da Faber-Castell, com 12 lápis, custa aproximadamente R$ 25,00, dois lápis CoolEraser não custam menos de R$ 40,00.

Espero que tenham gostado, abraços e até breve.

Essa postagem não foi patrocinada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.