24 de mai de 2017

Mermay

Saudações visitantes!

Para não dizer que não participei do #Mermay, fiz uma única pintura inspirada nas sereias da animação: Era do Gelo 4.


Gostei da ideia da sereia ser uma criatura sem muita distinção visual de seu sexo. Ela ou ele, é um ser mágico e seu canto pode ludibriar a mente de qualquer um, fazendo com que vejam um indivíduo com qualquer sexo ou aparência, revelando assim seus desejos mais profundos e obscuros. Ou melhor dizendo, seus últimos desejos.

Também não resisti e fiz uma homenagem à Ariel da Disney (cabelos ruivos), então, sim, essa é a minha visão de como a pequena sereia realmente é. Se os contos de fadas fossem contados pelo meu ponto de vista, dificilmente seriam histórias para criança e provavelmente, seriam bem piores que os contos originais dos irmãos Grimm.


Materiais utilizados nesse desenho:
  • Tinta Guache Talens
  • Papel Cason Aquarela 300g - A4
  • Caneta Gelly Roll Pentel Branca
Abraços e até breve.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lidy, sem querer apaguei seu comentário (dâââââ), mas o conteúdo esta aí:

      Oi Mateus, curti muito sua contribuição para o MerMay!
      Acho super interessante você deixar o sexo ambíguo e deixar a figura andrógina, mesmo com a referência à Ariel. Isso que é legal no trabalho com referências: ela está ali, mas não de maneira literal. E o seu trabalho com guache sempre primoroso!
      Abração :)

      Que bom que gostou, nos esboços, queria criar uma imagem de uma sereia padrão, mas quando trabalhei no rosto, percebi que tinha algo diferente nele (androgenia), aí pirei na ideia e refiz todo o desenho desvirtuando de vez essa visão, utilizando como referência, as sereias da animação Era do Gelo 4. Quanto ao guache, ainda tenho muito o que estudar, falta muito à aprender.

      Obrigado pelo comentário.

      Abraços!

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.