17 de out de 2016

Arte final sem nanquim

Saudações caros visitantes.

Ando distante do blog ultimamente, eu sei. Algumas coisas estão acontecendo e elas me deixam meio desanimado. Só tenho me forçado a desenhar digitalmente como estudo e investimento na carreira ou para fazer as estampas do COLAB55, de resto,  nem o Inktober consegui levar à frente.

Enfim, não estou aqui para ficar alugando vocês, então vamos a mais uma resenha, só que dessa vez não vou falar de um material apenas, vou falar de nove.

É comum se utilizar canetas com tinta tipo nanquim para fazer o lineart dos desenhos. Entretanto, você sabia que dependendo da técnica e do objetivo do desenho isso não é necessário?

Uma caneta com tinta tipo nanquim custa cerca de R$ 12,00 (as mais baratas), algumas das canetas das quais irei falar, podem custar um terço desse valor ou até menos e em tempos de crise econômica, as pequenas economias fazem toda a diferença.

Mas antes de começar a reclamar que por culpa minha você perdeu um desenho, lembre-se: essas canetas só podem ser utilizadas com materiais secos.

As principais técnicas de coloração à seco são:
  • lápis de cor
  • pastel seco
  • pastel oleoso
Você até pode aplicar essas canetas em desenhos e pinturas a base de água ou álcool, mas só pode fazer isso quando finalizar o desenho. A maioria dessas tintas, mesmo sendo indeléveis (no papel), não são resistentes a água ou álcool.

Outro ponto a ser considerado é a durabilidade (resistência ao tempo e a luz) dessas tintas, que pelo baixo custo, não deve ser muito alta. Então na hora de fazer uma Comission, leve isso em conta. Tente fornecer ao seu cliente, o melhor trabalho que você pode produzir, e isso inclui o uso dos melhores materiais que você tem a sua disposição.

Vamos ao primeiro item da nossa lista:


Pilot Office Pen


Essa caneta foi uma agradável surpresa, custou muito pouco, é bonita, extremamente precisa e a ponta que eles dizem ser fina, na verdade é muito fina. De acordo com o fabricante, ela tem 1.0 mm de espessura, mas seu traço é equivalente ao de uma ponta 0.05 mm. O corpo dela é leve, confortável e a tampa veda bem. Acho que gastei bem meus R$ 1,90. A tinta é resistente ao álcool, mas não é resistente a água.



Como a postagem ficou muito grande, vou dividir o conteúdo para não ocupar a página inteira.
Clique no link Mais informações para continuar lendo.



Compactor Microline


Essa caneta é a concorrente nacional da Stabilo. A ponta dela tem 0.4 mm de espessura e seu traço é preciso. O corpo dela é sextavado, ela é leve, a tampa veda bem e a tinta, não resiste a água e resiste pouco ao álcool. Essa caneta custa aproximadamente R$ 3,00.



Paper Mate Flair


Essa caneta é bem confortável e bonita. Tem prendedor de metal na tampa, que por sua vez, veda razoavelmente bem. Esse modelo M, tem espessura aproximada a de uma caneta 0.5 mm. A tinta não resiste ao contato com a água e resiste pouco ao contato com o álcool. Paguei aproximadamente R$ 7,00 por ela.




Faber Castell Ponta Porosa


O corpo da caneta é triangular e confortável. A tampa veda muito bem, já o traço não é muito preciso e pode ser comparado ao de uma caneta 0.5 mm. Infelizmente, a tinta não resiste a água ou álcool. Até então, a mais inferior de todas as que testei. Essa caneta custa aproximadamente R$ 6,00.



Faber Castell Grip (aquarelável)


Essa caneta é uma das mais simples que eu testei (para essa postagem), já falei sobre essas canetas nessa postagem, mas ela é muito boa para fazer o lineart. O traço é preciso e tem espessura equivalente ao de uma caneta de ponta de 1 mm. A tinta, obviamente não é resistente a água e é um pouco resistente a álcool. Não é possível comprar essa caneta separadamente, mas se fosse, o preço dela seria algo em torno de R$ 3,00.



Pilot (Marcador Permanente)


Essa caneta é bem confortável, o traço é preciso e é equivalente a uma ponta de 1,5 mm à 2 mm de espessura. A tinta é resistente a água, espalha um pouco, mas o traço continua preciso, já o álcool dissolve bem a tinta. A tampa veda bem e o preço dessa caneta gira em torno dos R$ 4,00.



Copic Sketch Black 100


O traço dessa caneta possui espessura variável e é bem preciso. A tinta, obviamente não é resistente a álcool e por incrível que pareça, também não é 100%  resistente a água. Ela é recarregável, as pontas podem ser substituídas e a tampa, venda muito bem. Essa caneta é bem cara, custa aproximadamente R$ 28,00, mas é recarregável então compensa.

Posca PC-5M


O traço dessa caneta não é muito preciso, mas ela é ótima para preencher grandes áreas. A tinta não é resistente a água e é pouco resistente a álcool. A tampa veda bem e a tinta é extremamente escura. O preço dessa caneta é de aproximadamente R$ 18,00, mas você pode escrever em qualquer superfície com ela, então vale o custo.


Pilot Board Master


Essa é a caneta que possui a ponta redonda mais larga que eu já testei, o traço é bem preciso. A tinta não é resistente a álcool, mas é resistente a água e a caneta é recarregável. A tampa da caneta veda muito bem. Essa caneta foi projetada para ser utilizada em quadro branco, por isso, no papel ela não entrega um preto muito escuro. Ela custa aproximadamente R$ 10,00 e é uma ótima opção para cobrir grandes áreas.



Enfim, essas são as canetas que não possuem tinta como nanquim, que eu tenho. Como eu disse no início da postagem, elas podem ser utilizadas em condições específicas, não vá fazer cag.....

PS.: Mesmo as canetas cujas tintas são solúveis tanto em água quanto em álcool, são indicadas para fazer o lineart de desenhos que utilizam técnicas secas. Basta utilizá-las depois que todas as camadas úmidas sequem.

Abraços e até breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.