25 de jul de 2016

Maped - Caneta borracha - Resenha

Bom dia caros visitantes!

Hoje, temos mais um drops, a resenha da caneta borracha Maped.


Minha caneta borracha Click Eraser estragou semana passada (o prendedor dela quebrou), já estava quase comprando outra (é a caneta borracha que mais utilizo), quando resolvi testar essa da Maped.


O corpo dela é triangular, o suporte para os dedos é emborrachado e é bem confortável. A caneta funciona muito bem, mesmo possuindo um mecanismo de controle da borracha tão simples (diferente do sistema da Click Eraser, que possui mola e uma trava de metal) e isso foi uma feliz surpresa.


A caneta borracha (Gom PEN) da Maped, já vem com um bastão de borracha instalado e um refil (borracha sem PVC de excelente qualidade). Mas o melhor de tudo é que ela aceita os tubos de borracha da Pentel perfeitamente, tenho um refil sobrando da marca.


Para fazer a troca de refis é muito simples, basta remover a tampa que fica no lado oposto à ponta da caneta e puxar o prendedor até retirá-lo, depois é só inserir o refil no espaço mostrado na imagem anterior e montar a caneta novamente.

Essa caneta borracha custou muito pouco, R$ 4,90 em relação a Click Eraser                     que custa R$ 7,90.

Gente, espero que tenham gostado da simplória  resenha.

Abraços e até breve.

8 comentários:

  1. Nem sabia que existiam essas canetas. Qual a diferença delas pra uma borracha comum? É mais fácil pra apagar detalhes pequenos? Nas minhas borrachas de desenho, geralmente deixo um lado intacto e vou apagando com o outro, o lado que não uso fica pra apagar coisas pequenas. Fiquei pensando se com uma caneta como essa fica mais fácil ou mais difícil apagar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, elas fazem toda a diferença, principalmente para apagar detalhes, dê uma conferida no post sobre borrachas (http://www.mateuscena.com.br/2014/06/borrachas-atualizado.html), falo tudo sobre elas lá.

      Essa técnica sua é muito boa, nunca tinha pensado nisso.

      Fica muito mais fácil, é interessante ter ao menos dois modelos, essa com borracha de cerca de 6 mm e a outra de 2,3 mm, assim você pode apagar de tudo com extremo controle.

      Abraços e obrigado pelo comentário.

      Excluir
    2. Jura que nunca tinha pensado nisso Mateus? Até brigo com as pessoas que apagam do lado errado da minha borracha haha'

      Vou ler seu post sobre as borrachas

      Excluir
    3. kkkkkkkkkk Menina nervosa...

      Aqui, é por que eu tive a oportunidade de testar essas canetas borracha bem cedo. Então não precisei me adaptar dessa forma, o importante é resolver o problema.

      Excluir
  2. Bom saber que a da Maped é boa. Tenho uma da Faber que a borracha é partida em pequenos pedaços, fica difícil achar refil, e quando encontro desses inteiros, preciso cortar. Já vou procurar uma assim. Obrigada pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que agradeço pelo comentário e por saber que ajudou de alguma forma. Sempre fui doido para testar essa caneta-borracha da Faber Castell (já testei de quase todas as marcas), mas nunca encontrei elas em lugar algum. Bom saber que não é fácil de encontrar refil para ela, desta forma posso pensar duas vezes antes de fazer o teste.

      Abraços!

      Excluir
    2. Também tenho uma dessas da Faber Castell, só achei refil da marca quando comprei a caneta, agora uso refil da Mercur (cortado em pedaços). A borracha original da Faber é muito boa, apaga bem, gera pouco resíduo e dura bastante para o tamanho do bastão, mas o sistema de avanço é pouco prático. Esses dias vi essa na Maped na Kalunga e gostei da proposta, como bom nerd vim pesquisar se mais alguém já tinha testado, acabei aqui. Muito obrigado pela resenha, muito bem feita. Vou comprar... He!He!

      Excluir
    3. Seja bem vindo Ismael. Que bom que gostou da resenha. Eu que agradeço pelo comentário.

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.