1 de jul de 2016

Haunter – Postagem comemorativa de 2 anos

Referência no fim da postagem.
Saudações caros visitantes!

Sei que estou longe do blog há quase um mês, me desculpem por isso, mas isso é assunto para outra postagem. Hoje vamos comemorar, com atraso, o aniversário de 2 anos do blog.

Nesse último "mês", me afastei das mídias naturais (depois falo sobre isso) e resolvi investir em pintura digital. Para aproveitar o embalo do Projeto Zelda (onde faço duas pinturas com mídia natural e duas digitais), resolvi fazer o redesenho de um personagem que curto demais, o Pokémon fantasma Haunter.

Redesenho, como assim? É por que eu já desenhei o Haunter há um tempo, mas não gostei do resultado, por isso, acho que nem postei. Enfim, como ando me aprofundando no estudo do uso do Photoshop para pintura digital, hoje, vou mostrar mais um resultado disso para vocês.

Como de costume, criei uma imagem com 4000x3000 pixel's com 300 dpi's de resolução. Em seguida esbocei com os pincéis que simulam lápis. Eu mesmo criei esses pincéis (acho que já falei isso em outra postagem) e estou adorando. Estou até pensando em fazer um desenho em tons de cinza, apenas com eles, para simular lápis de grafite, mas isso fica para depois.

Observem a seguir as duas referências que peguei na internet. Como o Haunter é uma evolução do Gastly (que eu também desenhei, clique aqui para ver), tentei fazer o desenho um pouco mais maduro, inclusive com barba. No fim das contas, acho que o resultado ficou bom (depois de umas alterações).


Retirei as cores do Haunter de referência meio roxo ou lilás (sei lá que cor é essa), o outro estava cinza. Comecei a pintar com um pincel que simula fumaça e logo no princípio achei estranho o resultado, mas continuei acrescentando detalhes somente para testar.


Refinei mais os detalhes e fiz o primeiro teste de cor da barba e da textura da "pele". Comecei a testar um brush quem simula pincel chato e adorei, por que tenho três opções dele. Um molhado, o outro é úmido e o outro seco. Os três já estão entre meus brushes favoritos.


Nesse ponto eu fiquei frustado, por que não estava gostando do desenho. Gostei muito do esboço, mas o resultado da pintura não estava me agradando. Sendo assim, resolvi mudar tudo, vejam o resultado a seguir. Também testei um pincel que simula fios de cabelo na barba e adorei o resultado.


Mudei as cores dos olhos, acrescentei detalhes na boca e no corpo e fiz o desenho da mão esquerda e a base para a direita. Também criei a textura da pele da mão e valorizei a textura da pele do "rosto".


Na imagem a seguir, faltava pouca coisa para terminar o desenho, mas eu ainda precisava finalizar a barba e o corpo dele. Já havia invertido a proporção de tamanho das mãos e finalizado alguns detalhes que só eu vejo, mas que acho que fazem a diferença.


E enfim o desenho acabado.


Agora, peço para compararem com a primeira versão que fiz do Haunter. Como podem ver, utilizei o cinza como referência de cor e além dos diversos defeitos da pintura e do desenho, eu suei para fazer isso e só consegui esse resultado deplorável. Enfim, vivendo, estudando e aprendendo sempre, não tem como nascer sabendo.


Só para acrescentar, na postagem sobre o redesenho da Ocarina, a Joyce disse que tinha gostado das texturas. Nesse Haunter 2.0, fiz questão de trabalhar apenas com pincéis que tem textura, deixei o pincel tipo caneta Copic apenas para os detalhes.

Enfim, espero que tenham gostado do presente atrasado e da postagem. Se você tiver um tempinho, visite também meu portfólio online, tem algumas coisas legais lá. 

O endereço é: behance.net/mateuscena

Abraços e até breve.

Links das imagens utilizadas como referência:

4 comentários:

  1. Ficou muito show!!

    artistadefimdesemana.blogspot.com.br
    Mari

    ResponderExcluir
  2. Ficou lindo seu desenho (pintura?)! Só o esboço já tava lindo de doer hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *,* Obrigado Marina!

      Depois vou fazer uma postagem mostrando como faço meus pinceis do Photoshop, talvez até fale um pouco do PaintToolSAI.

      Abraços!

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.