2 de mai de 2016

Octorok - Guache

Saudações caros visitantes.

Esta é a 3ª postagem do projeto Zelda e como prometido, dessa vez não será pintura digital. Infelizmente tenho um notícia ruim para dar a vocês, eu não possuo fotos do passo a passo dessa pintura. E a explicação é bem simples.

Quando idealizei o projeto, não possuía câmera fotográfica e então antes mesmo de ter tempo para digitalizar esse desenho, já havia feito metade dele. Por um tempo ele permaneceu assim, inacabado, esperando a vontade de levar o projeto à frente voltar, só recentemente isso aconteceu.

O personagem original você pode ver acima. Ele é basicamente uma espécie de polvo que cospe bolas de pedra e anda desembestado pelo cenário. É encontrado entre o leste e o sudeste do mundo claro. É um inimigo fraco, mas é muito irritante e pode tirar seu sangue só por ser rápido demais.

Para encurtar a história, terminei hoje a pintura, editei e coloquei nos moldes das demais e eis o resultado.


A seguir, a pintura original e mesmo sem o passa a  passo, posso dizer como ela foi feita.


O suporte utilizado, por incrível que pareça, foi justamente aquele papel ou papelão que sobra depois que utilizamos todo o bloco de papel. Se não me engano, é papel Paraná, o mesmo utilizado para encadernamento, mas é algo que não tenho conhecimento para confirmar.

Enfim, é com muita felicidade que digo que esse é um dos melhores suportes que já utilizei para pintar com guache. Ele aguenta várias camadas de água, é resistente até aos pincéis de ceda mais duras, não enruga e tem uma textura fantástica. É impressionante, depois que fiz esse desenho, não jogo mais nenhum desses papeis fora.

Além disso, utilizei tinta Ecoline branca no acabamento e grafite comum para fazer o desenho.

Os pinceis que mais utilizei, foram os com reservatório de água da Sakura e o Derwent (ponta chata), além do borrifador de água e a minha já conhecida paleta guache.

Gente, espero que tenham gostado do desenho.

Abraços e até breve.

2 comentários:

  1. Essas tuas ilustrações são incríveis, se não diz que é guache eu teria pensado que era digital! :O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Lidiane, assim eu fico emocionado. kkkk Que bom que gostou. Às vezes, penso em parar de testar materiais novos e usar só o guache, meu material padrão. Aí lembro que tenho um compromisso com os visitantes do blog e volto a testar novos materiais.

      Obrigado pelo comentário.

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.