18 de nov de 2014

Estojo Koi Water Colors – Feiticeira invocada

Linha de Estojos Koi Water Colors
Como já devem saber, recentemente adquiri um estojo Koi Water Colors com 18 cores e nesta postagem vou falar sobre este material fantástico, além de mostrar passo a passo um dos testes que fiz.

Depois de testar uma grande variedade de materiais à base de água ou aquareláveis, posso enfim dizer que não sei por que sempre tive problemas com essa técnica. É tão interessante quanto o guache, meu material base para qualquer pintura ou desenho.

Preço

O preço desse estojo da Sakura Koi Water Colors é bem salgado, varia de R$ 100,00 a R$ 120,00. A qualidade e praticidade do material justificam o preço. No mercado existem outras opções mais baratas, principalmente se levarmos em conta o principal defeito desse estojo.

Embalagem

A embalagem em si tem aparência agradável, cantos abaulados e foi pensada para que o pintor não precise de uma mesa ou apoio para pintar.

O plástico utilizado no revestimento externo e na paleta
é bem resistente. O plástico utilizado no suporte para as pastilhas
é mais fino e pode quebrar se manuseado incorretamente.

O estojo possui uma aba na parte inferior para que se encaixe
o dedo e segure o material sem risco de queda.
Já vi estojos com sistemas parecidos com este, infelizmente, a maioria foi desenvolvida para ser utilizado sobre a mesa e requer um copo com água e o uso de pincel comum.

O estojo, fechado, tem 11,5 cm por 15,5 cm de largura e 2,7 cm de profundidade. Aberto, o estojo fica com 22,5 cm por 15,5 cm de largura. (Medidas referentes ao estojo de 18 ou 24 pastilhas.)

Comportamento

A tinta é de excelente qualidade, rende tanto quanto a tinta aquarela líquida e tem até algumas qualidades em comum. É extremamente miscível e como todas as tintas aquareláveis, é ultra transparente. 

Comprei o estojo com 18 pastilhas e estou muito satisfeito,
não vejo necessidade de utilizar um estojo maior.

A paleta interna pode ser encaixada nos furos, permitindo criar
uma mesa de pintura compacta.

O pincel com reservatório de água de excelente qualidade e o godé foram pensados sob medida. O detalhe, as esponjas "substituem" o uso do papel toalha muito bem.

O pincel que acompanha o estojo é diferente do pincel comprado
separadamente. Ele possui um reservatório maior e ponta mas larga.

Pincel comprado separadamente possui ponta mais fina
e reservatório de água 30% menor.

Vejam esses vídeos interessantes, ambos produzidos pela Sakura, eles demonstram várias formas de se utilizar os estojos.






Qualidade principal

A praticidade de carregar as tintas, a água, o pincel, o godé, uma base para o papel e o material necessário para limpar o pincel tudo em um estojo só.

Defeito principal

Não encontrei pastilhas de reposição. Os demais estojos para aquarela possuem espaços com tamanho padronizado e pastilhas para reposição nas mais variadas cores. Vou procurar uma dessas pastilhas e vou ver se podem ser utilizadas nesse estojo, depois atualizo esta seção.

Considerações finais

Recomendo que compre esse material pela qualidade e praticidade de uso do mesmo. Contudo se você utiliza muito aquarela, pode ter um problema, quando a tinta acabar, pode não encontrar pastilhas para reposição. Nesse caso, recomendo adquirir qualquer outro estojo que utilize as pastilhas das linhas VanGogh, Winsor & Newton ou Pebeo.

Testando o material

Como não podia faltar meu próprio teste do material, vejam o passo a passo de como o desenho foi feito. Desculpem a cara de mau humor da personagem, queria que ela passasse a sensação de "poderosa". ;D

Desenho feito com lapiseira Koh-I-Noor Versatil e traços feitos
com caneta descartável nanquim UniPin e Pigma Brush.

Fiz adaptações nas canetas e lapiseiras para ficarem mais confortáveis e nesse caso, até a fita crepe está liberada.

Materiais utilizados para fazer o desenho e os traços.

Desenho feito em papel Canson 224 g Branco (Desenho 200),
Estojo Koi Water Colors 18 cores e minha mesa de desenho detonada ao fundo.

Foto do desenho com as cores básicas aplicadas.
Observe como a tinta é bem transparente.

O restante das cores base foi aplicado e as cores
 que já estavam no desenho foram reforçadas.
 Observe os olhos e a boca.

Cores reforçadas.

Com as cores finalizadas inicia-se o processo de aplicação da
caneta Posca branca nos detalhes de estouro de luz.

Desenho finalizado com detalhes em branco
e retoques em nanquim.


Espero que tenham gostado da postagem, até a próxima.

5 comentários:

  1. As pastilhas da PEBEO cabem no compartimento da Sakura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por comentar Dom Obliterum.

      Sinceramente não sei, mas se você possuir alguma pastilha Pebeo e puder medir a largura, profundidade e altura, posso conferir se cabe no estojo.

      Mesmo assim, tem um kit da Sakura de bisnagas de tinta aquarela que podem substituir perfeitamente as cores desse estojo de pastilhas quando acabam.

      Ano que vem, vou fazer uma postagem sobre um desses kits de bisnaga de tinta aquarela, mas da Pentel. Siga o blog para se manter informado.

      Excluir
    2. Obrigado por comentar Dom Obliterum.

      Sinceramente não sei, mas se você possuir alguma pastilha Pebeo e puder medir a largura, profundidade e altura, posso conferir se cabe no estojo.

      Mesmo assim, tem um kit da Sakura de bisnagas de tinta aquarela que podem substituir perfeitamente as cores desse estojo de pastilhas quando acabam.

      Ano que vem, vou fazer uma postagem sobre um desses kits de bisnaga de tinta aquarela, mas da Pentel. Siga o blog para se manter informado.

      Excluir
  2. Estou pensando agora em começar no ramo da aquarela, achei bem legal seus posts. Pretendo futuramente quando tiver mais habilidades e dinheiro rs comprar esse estojo. Por enquanto como será minha primeira vez acho melhor comprar o da Faber Castell, parece ser mais para iniciante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra sim, ele é bom também. Já fiz alguns desenhos com esse estojo Confira essa postagem (http://www.mateuscena.com.br/2014/12/aquarela-em-pastilha-fanart-do-super.html).

      Mas compra outro pincel, o que vem no estojo é muito ruim. Existe uma linha de pensamento no mercado de arte que prega um conceito consumista que diz que você precisa ter o material mais caro para fazer algo de bom. Na verdade você precisa saber usar o material que tem a seu favor para compensar a qualidade.

      Obrigado pelo comentário.

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.