15 de out de 2014

Canetinhas Faber Castell - Aquareláveis

Bom pessoal, sei que ando um pouco sumido, estou com pouco tempo esses dias, eu e minha lindinha estamos construindo nosso "cantinho", estou trabalhando muito e ainda pego uns "freela" de vez em quando, por fim, fico com pouco tempo para pintar ou para fazer as postagens.

Nos posts recentes disse que estou pensando em comprar um kit de marcadores profissionais, sendo assim, andei pesquisando na internet sobre técnicas e diferenças de tinta a base de álcool ou água. Recebi recomendações de comprar os marcadores da Tombow (a base de água), mas estão muito caros.

Recentemente, li no blog da Nane post's sobre os marcadores aquareláveis da Faber Castell e resolvi dar uma chance para o material, primeiro por causa do preço e segundo por que já conheço os materiais da Faber Castell e até hoje, tudo que possuo de sua linha "escolar" não me decepcionou.

Confiram os estudos da Nane nos seguintes links: Post1, Post2 e Post3. (Nane, me desculpe se deixei passar algum.) Confiram também o post sobre marcadores da Joyce (post), ela fala sobre muitos marcadores diferentes e ainda demonstra a experiência adquirida com os testes.

Primeiro desafio: encontrar os marcadores - Fui a todas as lojas de material artístico que conheço e ou os vendedores não conheciam as canetas da Faber Castell Grip Aquareláveis ou só possuíam o modelo comum. O único lugar onde encontrei o material foi na loja Kalunga e só encontrei uma unidade. Acho que as canetas já estavam me esperando. (kkk)



Geralmente, não falo onde comprei meus materiais, principalmente por que não recebo nenhum tipo de ajuda de custo ou patrocínio. Contudo, nesse caso, acredito que informar o "fornecedor" pode ajudar quem se interessar em fazer o teste.


Comprei o kit acima por R$ 21,90, não posso dizer que é barato, más, em relação ao kit da Tombow que com 12 unidades está custando cerca de R$ 220,00, as canetinhas Faber Castell "quase" podem ser consideradas uma pechincha.

"Fessor" por que elas são chamadas de Grip? Grip (traduzido para o português como aderência) na Faber Castell representa todos os materiais que foram desenvolvidos para permitir que o usuário tenha maior precisão no traço. Por que? Bom, as canetas possuem esferas nas laterais que melhoram a aderência do material à mão, no caso dos lápis por exemplo, essas "bolinhas" são de borracha.

Primeira constatação: o pincel que acompanha as canetas é ruim, más, isso já era esperado. Pinceis que acompanham materiais escolares geralmente são muito ruins mesmo.

Primeira impressão: as cores das canetas são muito vivas, portanto, depois do primeiro traço achei que tinha jogado dinheiro fora. Como as tintas têm boa pigmentação e são rapidamente absorvidas pelo papel (para aquarela), elas geram pontos com acúmulo de tinta. Posteriormente, descobri que esses pontos podiam ser dissolvidos e fiquei muito feliz com isso.

Segunda impressão: vou ter que repetir a imagem, é que ela define bem minha sensação ao entender como os marcadores funcionam.


Assim que aquarelei os primeiros traços, quase tive uma sincope (olha o exagero).

SIM, ELAS REALMENTE SÃO AQUARELÁVEIS conforme constatado pela Nane.

Devia ter feito um estudo de cores, pois poderia compartilhá-lo com vocês, mas a vontade de testar o material era tão grande que ao invés disso fiz um desenho.

Esse peixe tem narina? Mais ou menos. Fiz o primeiro desenho que veio à mente, não criei ele utilizando nenhuma referência. Por isso acabei colocando os mesmos orifícios que o tubarão utiliza para sentir o cheiro de sangue a até 300 m de distância no oceano.

Conseguem acreditar que esse desenho foi feito com marcador aquarelável escolar? Depois deste teste, comecei a questionar a necessidade de adquirir um kit profissional de marcadores.

Primeiro - as cores são muito transparentes e vivas, características principais das tintas aquarela, inclusive, por isso elas não cobrem os traços feitos com nanquim. ( lol )

Segundo - Você pode trabalhar com camadas e mesmo depois que a tinta seca, ela pode ser facilmente aquarelada e misturada com outras cores.

Terceiro - As cores se misturam de forma tão suave que dá gosto de utilizar o material.

A única coisa que eu gostaria que a Faber Castell fizesse era lançar essas canetas com pontas largas, chanfradas ou tipo pincel para cobrir áreas maiores.

Segunda constatação - Esqueça tudo que você sabe sobre guache. Essa tinta não possue poder de cobertura, tive que aprender a pensar sem a possibilidade de utilizar tinta branca. (Supletivo! Supletivo! - procura na internet sobre Joseph Climber se não sabe por que eu disse isso.) Depois de desatar os nós do cérebro, foi só alegria.

Terceira constatação - Faça o que eu digo, não o que eu faço! Realize um estudo do material antes de começar a utilizá-lo. A forma como vai encontrar cores como rosa pele ou lilás que geralmente precisam do acréscimo de tinta branco, acontece de forma diferente com as canetas aquareláveis.

Dica - não utilize essas canetas com papel de gramatura baixa e sempre espere uma camada de tinta secar para aplicar outra. Assim você não destrói a superfície do papel com o pincel embebido em água. Não utilize pinceis de cerda dura, assim como na aquarela, a tinta dos marcadores precisa de pincel de pelo macio.

Basicamente, utilizei as canetas aquareláveis com meu pincel Koi com reservatório de água e o casamento de materiais foi perfeito. Para fazer o acabamento utilizei caneta Posca branca e caneta gel branca. Os traços de nanquim foram feitos com minha Desegraph 0.2, experimentei diversos tipos de traços e pontos para obter volume ou textura. Fiz pontos de luz com a Posca e pontos de tinta com as canetas aquareláveis, em seguida apenas molhei esses pontos de tinta com o pincel e eles se expandiram resultando em um efeito interessante. Outra coisa interessante de se fazer é tirar a tinta diretamente da ponta da caneta, assim você pode cobrir uma área maior e a cor fica bem espalhada sobre a área escolhida. Não se preocupe se a ponta da caneta ficar temporariamente branca, a tinta volta para ela em pouco tempo.

Não posso falar sobre o rendimento do material ainda.

Constatação bombástica (Exagerado, só que não. kkkkk) - as canetas da Stabilo (point 88) possuem as mesmas características aquareláveis das canetas da Faber Castell. A diferença é que as Stabilo possuem tinta mais resistente e marcam mais o papel que as Faber Castell, pode ser por causa da ponta fina. Elas podem ser utilizadas em detalhes.

Enfim, essas canetas são outro material que descobri ser uma mão na roda. São baratas, boas e acessíveis. No fim, só posso agradecer a Nane por mais um presente indireto. (kkk)

Até a próxima.

4 comentários:

  1. Lá vem ele me culpando outra vez... mas por uma boa causa. rs
    Adorei seu estudo do peixe com narina. As misturas de cores ficaram muito boas apesar de você não as ter testado antes individualmente.

    As canetas Tombow não caras mesmo, porque são mais profissionais; ao contrário das canetas aquareláveis da Faber Castell, que são da linha escolhar, portanto, mais em conta. Outra coisa sobre a Tombow é que ela permite ser mesclada ou diluída, mas infelizmente não deixa as manchas maravilhosas que a aquarela produz. =T Mesmo assim, considero um excelente material de trabalho (se tiver pedido de trabalho pra utilizá-las, se não, vira dívida em vez de investimento).

    No mais, de nada por mais um rombo no bolso. rs Fico feliz que tenha curtido o material, pois assim minha consciência fica mais leve.

    Boa jornada pra ti e pra dona Lindinha.
    Sei muito bem o que estão passando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se não fosse o seu blog e os da Joyce e Déborah, eu não tinha descoberto esse dentre outros tantos materiais interessantes para testar, então a culpa é sua sim. (kkk)

      Estou namorando as canetas Tombow e as Promarker, talvez até as Sakura, mas os valores ainda estão bem salgados. Gostei muito das canetinhas da Faber Castell. Ainda não trabalho com ilustração, nem sei como entrar nesse mundo.

      Quanto ao "rombo" no bolso, vale cada centavo.

      Obrigado pela força, até breve.

      Excluir
  2. Interessante! Sempre quis colorir com marcadores, mas são tão caros! Já tinha visto algo a respeito dessas aquareláveis da Faber, inclusive as vi vendendo numa papelaria aqui da região (nao lembro o preço). Gostei bastante do resultado do peixe e a resenha me motivou a dar uma chance a elas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Stefany, depois vou dar uma melhorada nessa postagem. Percebi que tem muito texto nela. kkkkk Abraços!!!

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.