23 de set de 2014

Pincel com reservatório Koi?

Depois que vi o post sobre como criar um pincel tipo o Koi (com reservatório de água), no blog da Nane, morri de inveja curiosidade e resolvi criar o meu. Veja o post clicando aqui.


Depois de "viajar na maionese" imaginando e tentando entender como recriar o processo de controle de água do Koi, desisti e quando fui assistir Yuyu Hakusho no Youtube. Entre um episódio e outro, olhei minha maleta de materiais de arte e vi uma seringa que uso para transferir tinta de um lugar para outro, a nanquim por exemplo. Depois que me recuperei do "estalo", peguei minhas ferramentas e fui à luta.

Se você é MENOR DE IDADE, recomendo que peça ajuda aos seus pais PARA REALIZAR ESTE TUTORIAL. Para fazer seu próprio pincel você vai precisar de materiais que SOMENTE ADULTOS podem comprar ou manusear.

O que você vai precisar:
  • 1 pincel de pelo macio, não importa se é chato ou redondo, grande ou pequeno.
  • 1 alicate universal.
  • 1 seringa 3 ou 5 mililitros (± R$ 2,50) - Acredito que só pode ser comprado por adultos.
  • Adesivo de contato (cola de sapateiro) - Só pode ser comprado por adultos.
  • Massa de modelar tipo epóxi. - Só pode ser comprado por adultos.
  • 1 clips (a espessura da haste de metal varia com com a espessura do pincel, quanto mais fino, menos espesso deverá ser o clips, pode ser necessário utilizar um alfinete).
  • 1 estilete.
  • 1 lixa.
  • 1 esqueiro ou o fogão da sua casa.
  • 1 luva de couro ou pano de algodão.
Depois de adquirir todo o material necessário, mãos à obra.

Primeiro, veja a seguir, como um pincel é por dentro. Desta forma fica mais fácil de entender como será criado o pincel com reservatório de água.


1º Passo - Remova a haste, se não conseguir soltar apenas com as mãos fazendo movimentos circulares, utilize o alicate.

2º Passo - Pegue o clips e abra seu aro maior, se o pincel for pequeno, utilize um alfinete ou uma agulha. Segure com o alicate a outra extremidade e esquente a ponta aberta com a chama do esqueiro ou a do fogão até que o metal fique vermelho. (O esqueiro pode esquentar muito, então recomendo o uso do fogão.)


3º Passo - Insira a ponta aquecida no bocal de onde retirou a haste do pincel, empurrando a cola derretida em direção às cerdas. Dependendo do diâmetro do pincel e do clips, um tufo dos pelos será removido automaticamente. Só pare de empurrar o clips quando visualizar sua ponta entre os pelos. Se for necessário, esquente a ponta do clips novamente. Se o pincel for muito pequeno, faça mais de um furo com o alfinete. Utilize um pano ou uma luva que não seja de plástico ou borracha para segurar a virola, ela esquenta muito nessa parte do processo. Procure não aspirar a fumaça que a cola exala em contato com o metal quente, acredito que seja tóxica.


A cola removida deixará o espaço que permitirá que a água
passe para a base das cerdas do pincel.
4º Passo - Aplique adesivo de contato na ponta da seringa (Figura A) tomando cuidado para não se aproximar demais do bico a fim de não obstruir a passagem de água e em seguida insira a seringa na abertura da virola. Aplique o adesivo de contato ao redor da virola (Figura B) e entre o encontro com a seringa, isto vedará completamente o envólucro. Espere a cola secar por algumas horas e siga para o próximo passo.
Figura A.

Figura b.

A cola por contato existe em diversos formatos e marcas. Utilizo essa de tubo,
da Amazonas, porque é mais fácil de manusear e porque já comprovei sua qualidade diversas vezes.
O valor desse tubo é ± R$ 7,00.
5º Passo - Depois que a cola-contato secar, coloque água na seringa e teste para ter certeza que a vedação funcionou. A água deve descer suavemente para as cerdas, umedecendo os pelos, pouco a pouco. Se vazar água entre a virola e a seringa, remova toda a cola e refaça o 4º passo, tendo certeza que não há umidade ou poeira na virola ou na seringa.

6º Passo - Com a ajuda do estile, corte duas partes iguais das duas massas que estão na caixa de Epóxi e solve até obter uma massa lisa e de cor homogênea. Não importa a marca da massa, nunca comprei uma massa epóxi que fosse ruim e nunca "repeti" a marca. Em qualquer depósito de materiais para construção você encontra massa epóxi, a caixa menor custa cerca de R$ 4,00 e você não vai usar 10% do conteúdo dela. Se armazenar a embalagem e as massas corretamente, elas irão durar por um bom tempo. LEIA as instruções de uso e armazenagem na caixa para não desperdiçar dinheiro.


Se fizer a mistura correta, a massa ficará brilhante e lisa e secará em pouco tempo. Se fizer a mistura incorreta, a massa ficará fosca e mole até o dia seguinte, nesse caso remova a massa do envólucro e repita o sexto passo.

7º Passo - Certifique se o adesivo de contato secou, ele deve estar flexível, como se fosse uma borracha, más não pode colar em sua mão. Em seguida aplique a massa criada no 6º passo envolvendo a virola e a seringa. Modele essa massa para adquirir um formato anatômico para sua mão. Depois de seca, essa massa pode ser lixada, mas não pode ser removida sem quebrar a seringa ou danificar a virola.


O resultado, você pode visualizar nas imagens a seguir. Amo meu pincel Koi, mas se tivesse visto o post da Nane antes de comprá-lo, não teria feito isso, brincadeirinha, adoro meus pinceis com reservatório Koi.

Mateus estou com preguiça, posso facilitar esse processo? Sim, você pode. Substitua a massa epóxi por fita adesiva isolante de boa qualidade, de preferência 3M. Gaste o quanto for necessário, não seja "pão-duro". Não posso garantir que será tão eficiente quanto a massa epóxi, más é uma solução aceitável, já utilizei em processos parecidos e deu certo.

Esse pincel funciona perfeitamente, tão bem quanto o Koi e às vezes até melhor, já que o fluxo de água pode ser controlado por você em níveis que o Koi não permite.


Fiz duas versões, uma com um pincel nº 2 e uma com um pincel nº 6. Utilizei seringas de 3 mililitros por que não são muito espeças, mas isso fica a cargo de você escolher.
Pincel Nº 2 - Tigre - Série 308 (pelos de marta) - ± R$ 12,00

Pincel Nº 8 - Tigre - Série 165 (pelo de orelha de boi) - ± R$ 5,00
Para o acabamento, como sobrou massa, fiz a base da seringa. Também cortei e lixei as
aberturas das seringas removendo o suporte para os dedos que nesse caso, só incomodava. 
Esses pinceis se destacam em relação ao Koi, porque você pode utilizar muita ou pouca água, trabalhando tanto com técnicas aguadas, quanto com técnicas quase secas, com controle absoluto sobre a quantidade de água dispensada pelo pincel.

Para comparar os valores:
  • O Koi, custou quase R$ 20,00. 
  • Meus dois pinceis, as seringas, a massa e a cola ficaram em ± R$ 35,00. 
Se vale à pena ou não, fica por sua conta. Para mim, valeu cada centavo e sobrou troco pra balinha.

Utilizo a cola-contato sempre e a massa também e sobrou "muuuuuito" das duas. Meu pincel nº 2 quebrou o cabo com dois dias de uso (pô Tigre, por esse preço, o pincel deveria ser mais forte) e eu nem estava fazendo força, já que ele é para fazer detalhes (o . O), por isso resolvi utilizá-lo para fazer o teste do tutorial. Meu pincel nº 8, comprei há ± uns três anos, acho que ainda estava estudando no Senai e ele estava perfeito, só utilizei ele por que queria um pincel de água maior que o Koi. O alicate, o fogão(esqueiro), luvas(pano de algodão), clips, estilete e lixa (pode usar a de unha da sua mãe) nem entram na descrição de valores. Já que, ou não comprei ou já possuía desde 1800 e minha tetra-avó ainda era "novinha".

Espero ter ajudado de alguma forma. Lembro ainda que esse tutorial só deve ser feito por maiores de idade ou por menores com o auxílio dos pais. Em diversos passos HÁ RISCO de se provocarem sérias lesões, tanto físicas quanto materiais. Vamos ser responsáveis pessoal.

Agradeço a Nane pela inspiração e se ficaram em dúvida em algum passo. É só comentar.

Até a próxima.

2 comentários:

  1. Nossa! Que trabalheira você teve pra fazer os pinceis, heim! Fico feliz de ter feito parte dessa história toda como "inspiradora" para o projeto. Acho esse tipo de experiência super válida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te falei, CIENTISTA MALUCO, muuuito maluco! (o . O) kkkkkkkkkkkk Funcionou bem igual ao que você fez, só deu mais trabalho.

      Excluir

Aguarde um pouco. Assim que eu ler seu comentário, ele será publicado e terei o maior prazer em respondê-lo.

Agradeço por comentar!

Um abraço e até breve.