17 de jun de 2017

O tempo

Saudações visitantes!

Há três anos, comecei a compartilhar com vocês, através desse blog, o conhecimento que adquiri sobre desenho, arte e pintura. No começo desse ano, avisei que criei um canal do Youtube para este blog e estamos cada vez mais próximos de alcançar a meta pessoal (vejam o contador aqui ao lado) que estipulei para começar a fazer os vídeos dele.


Sendo assim, agora preciso decidir o que será gravado para o episódio piloto do canal e eu gostaria que sugerissem um tema ou um motivo para ele. Pensei em mostrar os materiais básicos que utilizo atualmente e realizar um desenho simples para demonstrar como trabalho com eles. O que acham dessa ideia?

Outra coisa, estou aceitando sugestões de softwares de edição de música, vídeo e efeitos que podem ser utilizados no canal, então se você sabe como trabalhar com isso ou mesmo, apenas tem alguma dica para me fornecer, os comentários estão aí e o e-mail do blog é: mcexpart@gmail.com

Só posso agradecer por acompanharem o blog até hoje e espero contar com vocês no canal também. Bom, quanto ao canal, vou ver se ele já esta disponível para acesso ou se só poderei disponibilizá-lo depois de publicar o primeiro vídeo e volto com mais notícias depois.

Vejam a seguir as informações sobre o desenho da ampulheta.

  • Papel Canson Desenho 200 A4
  • Lápis Koh-I-Noor Magic 3405 (Tropical, Fire e Original) 
  • Lápis de cor preto, da Norma
  • Lápis Koh-I-Noor Polycolor 3800/0 – Vulgo Blender
  • Lápis borracha Faber Castell
  • Ecoline Branca


Abraços e um bom fim de semana para todos.

15 de jun de 2017

Borrachas abrasivas

Saudações caros visitantes!

Hoje, vamos falar sobre um tipo de borracha que nunca gostei, as abrasivas. Para ser mais preciso, já falei sobre elas no blog, no post sobre borrachas, entretanto, desta vez, vou me aprofundar um pouco mais sobre o assunto.

Digamos assim, depois de um bom tempo, enfim descobri uma utilidade para as borrachas abrasivas e não poderia deixar de compartilhar com vocês.

Todas as áreas marcadas de luz foram feitas com o lápis de borracha
da Faber Castell. Esse desenho foi colorido com os lápis de cor da Norma.

As borrachas abrasivas, geralmente, são borrachas de latex que possuem em sua composição, algo parecido com areia em grãos bem finos, fazendo com que se tornem lixas. De acordo com os fabricantes, elas são indicadas para "remover" tinta do papel.

Obviamente, tentei usar essas borrachas com tinta nanquim (dentre outros tipos de tinta), contudo, como não obtive sucesso, abandoei-as por um bom tempo. Então, recentemente, tive uma ideia interessante. No dia, estava lendo sobre retículas, enquanto criava um pincel para o Photoshop que simula lápis de cor e aí tive a ideia de testar essas borrachas com lápis de cor de verdade. E elas, além de funcionarem bem, se mostraram mais úteis do que eu esperava.


Possuo dois modelos de borracha abrasiva, a famosa Mercur azul e vermelha (imagem acima) e o lápis borracha da Faber Castell (imagem a seguir).


Ambas não custam muito e em tese, não são indicadas para grafite, por que alguns modelos podem manchar o papel, mas com lápis de cor, a história é diferente. Vejam os testes a seguir:

Nesses testes, o lápis borracha da Faber Castell removeu quase 100%
da tinta do lápis de cor, deixando o papel quase branco.

Para trabalhar bem com essas borrachas, recomendo utilizar papeis grossos, acima dos 120g, texturizados ou não. Em papeis muito finos, é possível que ao apagar, ou melhor dizendo, ao remover a tinta do papel, você crie sulcos tão profundos que podem rasga-lo.

Essas borrachas podem ser utilizadas para corrigir detalhes no desenho ou simplesmente para criar pontos de luz ou áreas claras. Também produzem muita poeira ao serem utilizadas, ou seja, você pode precisar de um pincel ou de uma escova para limpar a superfície do papel.

Elas podem ser utilizadas tanto com lápis de cor comum, de cera, quanto com lápis de cor com minas aquareláveis.

DICA: a borracha da Mercur possui duas cores, mas não é simplesmente por estética, o lado vermelho é mais macio e menos abrasivo que o lado azul, ou seja, com o lado vermelho, você remove a tinta de áreas extensas e com o lado azul, você faz os detalhes.

Tenha sempre à sua disposição uma lixa, podem ser aquelas para unha, elas serão utilizadas para limpar ou filetar a ponta da borracha (para fazer detalhes), essas borrachas são quase tão firmes quanto as minas dos lápis de cor.

Outra coisa, geralmente, recomendo ser delicado ao utilizar os materiais de arte, mas nesse caso, se você for delicado demais, a borracha não limpará mas sim manchará o papel.

Enfim, adorei ter "redescoberto" esse material, ele é muito útil para quem trabalha essencialmente com lápis de cor. Queria ter descoberto isso antes, mesmo assim, esta tudo bem, o importante é continuar evoluindo e aprendendo cada vez mais. O que ficou de experiência foi a simples constatação de que não há nada como o passar do tempo para clarear ideias que antes, estavam completamente obscuras ou ocultas

Espero que tenham gostado dessa resenha. Sei que faz muito tempo que não faço uma, tem sido cada vez mais difícil escrever para o blog (a Joyce entende), mas vou continuar lutando para não abandonar vocês, prometo.

Abraços e até breve.

24 de mai de 2017

Mermay

Saudações visitantes!

Para não dizer que não participei do #Mermay, fiz uma única pintura inspirada nas sereias da animação: Era do Gelo 4.


Gostei da ideia da sereia ser uma criatura sem muita distinção visual de seu sexo. Ela ou ele, é um ser mágico e seu canto pode ludibriar a mente de qualquer um, fazendo com que ele a veja com qualquer sexo ou aparência, revelando assim seus desejos mais profundos e obscuros. Ou melhor dizendo, seus últimos desejos.

Também não resisti e fiz uma homenagem à Ariel da Disney (cabelos ruivos), então, sim, essa é a minha visão de como a pequena sereia realmente é. Se os contos de fadas fossem contados pelo meu ponto de vista, dificilmente seriam histórias para criança e provavelmente, seriam bem piores que os contos originais dos irmãos Grimm.


Materiais utilizados nesse desenho:
  • Tinta Guache Talens
  • Papel Cason Aquarela 300g - A4
  • Caneta Gelly Roll Pentel Branca
Abraços e até breve.

19 de mai de 2017

Hayao Miyazaki esta contratando

Boa tarde pessoal!

Estava navegando pelo site Jovem Nerd, quando me deparei com a seguinte postagem:

Agora você pode trabalhar na próxima animação
de Hayao Miyazaki!

Vejam um trecho da postagem:


     "O lendário Hayao Miyazaki saiu da aposentadoria para trabalhar em um novo filme. No entanto, ele e o Studio Ghibli precisam do “poder da juventude” (sério mesmo) para concluir o filme o quanto antes. Aparentemente, é aí que você pode entrar. (...)"
Publicado por Jefferson Sato

Para conferir o conteúdo completo, acesse o link da postagem no site do Jovem Nerd clicando aqui.

Imaginem só: trabalhar em um filme do Miyazaki, com ilustração tradicional e em um dos maiores estúdios de animação do mundo. É muito FODA! 

Infelizmente, nem pude começar a sonhar, um dos requisitos mínimos para a vaga é saber Japonês avançado e eu não sei nem o básico. Isso sem contar o fato de que nunca trabalhei com nada que remeta à animação na minha vida.

Enfim, se você está apto para a função, vá logo à luta! Só posso imaginar como seria, acrescentar um pouco de tempero brasileiro nas receitas fantásticas do Estúdio Ghibli.

Abraços e até breve.

18 de mai de 2017

Estou que não me aguento

Que dia!

Ai meu pai, só faltou falar que era "GOLPE" contra ele.

"Que ofensa ao nosso digníssimo presidente. Vamos bater panela gente!"

http://www.andrenogaroto.com.br/wp-content/uploads/2016/10/Paneleiros.jpg
Como é que você está se sentindo agora?


E o que posso fazer? Dar-lhes os parabéns. Vocês merecem!


Abraços para todos.