16 de ago de 2017

Dipper

Boa noite pessoal.

Depois de algum tempo e de algumas reviravoltas pessoais, retornei ao blog para fazer sua última postagem. Sim! – Ao menos por um tempo, vou deixar ele de lado.

Primeiramente, vamos falar sobre a pintura do Dipper: é um A4 - Canson Desenho 200, pintado com guache Talens.

Essa pintura é a minha versão do Dipper, um dos personagens principais do desenho animado Gravity Falls, um dos melhores que assisti recentemente.

Para resumir, ele foi proposto como primeiro trabalho para o meu canal do Youtube. Gravei pouco mais de duas horas de pintura para este piloto. Entretanto, por diversos motivos, a ideia não vingou e foi deixada de lado. Sim! Vocês entenderam perfeitamente.

Estou com o tempo tão escasso, que nem um desabafo digno, será feito para explicar tudo à vocês. Talvez seja por que eu não quero mesmo explicar nada em detalhes. Por hora, vou dizer que cansei de diversas coisas e este blog foi uma delas.

O que importa é, quem quiser continuar acompanhando meus trabalhos, poderá acessar o site: www.mateuscena.com.br ou o meu portfólio através do link – behance.net/mateuscena. Fique ligado também no Instagram (@mateus_cena). Não pretendo voltar a fazer resenhas ou análises de materiais de arte, mas se por algum motivo, quiser compartilhar algo com vocês, vou usar o Instagram para fazer isso.

De agora em diante, quero focar minhas energias no desenvolvimento de uma linguagem pictórica própria. Quero criar e desenvolver uma "carreira" como ilustrador ou pintor (natural ou digital) e para fazer isso, preciso focar minhas energias no que é necessário ser feito, para isso acontecer.

Não vou parar de pintar e desenhar, isso é impossível, pois faz parte de mim. Vou tentar fazer isso cada vez mais e melhor, mas o foco não é mais mostrar como eu faço isso, ou com o quê, é mostrar que isso pode ter algum tipo de valor. Basicamente, quero tentar transformar o que eu sei fazer, em produto. Inclusive já estou realizando estudos para expandir minha área de trabalho padrão de um formato A4, para um A3. Vai ter foto no Instagram mostrando isso em breve.

Enfim, ainda não sei se vou "apagar" este blog – vai que tenho uma recaída e resolvo fazer uma resenha de uns bastões de giz coloridos, ou de um rolo de fita adesiva azul, tudo é possível –, por enquanto vou apenas me afastar disso tudo e focar no que eu sei fazer. Contudo, fiquem à vontade para acessar este conteúdo quando bem entenderem. A casa ainda é de vocês! Vocês também podem continuar comentando, eu recebo um e-mail avisando quando fazem isso e vou continuar tendo o maior prazer de lhes responder.

E para que não fiquem tristes, vejam a seguir algumas partes do processo de pintura do Dipper (por causa desse desenho, precisei aprimorar meus tons de pele):




Depois do último passo, editei a pintura no Photoshop, corrigindo alguns erros que me incomodaram muito. Aproveitei também para melhorar algumas coisas e refazer outras, mas no fim, não alterei a pintura nem um terço do que poderia (deveria).

Agradeço a atenção de vocês, abraços e até qualquer hora.

22 de jul de 2017

Cem mil visualizações!

Saudações caros visitantes!

Chegamos aos cem mil acessos e eu só posso agradecer a vocês por mais esta vitória. Apesar de saber que para a internet atual, isso não é praticamente nada, para um blog de assunto tão específico e principalmente para mim, isso é fantástico.

Como sabem, já estou gravando o primeiro vídeo de teste para o canal, gravei cerca de duas horas de pintura e fiquei assustado, primeiro pelo tamanho dos arquivos, segundo, por que eu nem editei eles ainda e já estou com medo do meu notebook não dar conta. Mas eu comecei, agora vamos até onde der.

Eu quero agradecer a todos que acompanham o blog até hoje, há pouco mais de três anos, resolvi começar a compartilhar meus conhecimentos com vocês e hoje (tirando os momentos de crise de identidade) eu sinto falta quando não posto nada por muito tempo. Quando descubro algo novo e não compartilho, fico com peso na consciência até compartilhar, isso me deixa louco.

Provavelmente, não vou poder postar nada muito relevante aqui por um bom tempo. Eu quero gravar os vídeos e eu só posso fazer isso quando volto do trabalho, somente durante a semana, então o tempo é muito curto. E esse é o tempo que eu uso para fazer os desenhos e pinturas do blog, então, ou faço uma coisa ou outra. Espero que entendam.

A ideia de fazer os vídeos para o canal nasceu por causa dessa nova geração que não quer ler, preferem assistir vídeos. E apesar de ter me preparado para isso, não sei se vou conseguir dar conta do recado. Se eu não precisasse trabalhar para viver, seria fácil ter tempo para gravar os vídeos do canal e ficar desenhando e pintando o dia todo, como isso não é possível, tento encaixar tudo nas minhas horas vagas. Então, peço para terem paciência.

Quanto à pintura acima, foi feita com guache sobre papel Canson Desenho 200 e apenas a palavra "VISUALIZAÇÕES" foi inserida na edição.

Desejo a todos um ótimo fim de semana e até breve.

19 de jul de 2017

Shedinja + Canson Layout 180

Saudações caros visitantes!

Hoje vou falar sobre o teste que fiz com o papel Canson Layout 180 e do resultado, o desenho a seguir, o Pokémon Shedinja (não sei nem de que temporada ele é, vi no Pokedex e achei legal).


Para quem me acompanha no Instagram, pode conferir a foto do esboço desse desenho. Dessa vez, como o foco da postagem não é falar sobre o desenho em si, mas sim sobre o papel, optei por não publicar o passo a passo.

Vou resumir minha opinião sobre o papel em alguns tópicos:

  • Não tem textura alguma, ou seja, é extremamente liso.
  • É muito resistente, suportou o atrito com minhas borrachas abrasivas sem que sua superfície sofresse nenhum tipo de estrago.
  • O papel é extremamente branco e é relativamente barato.
  • Por ser extremamente liso, é muito fácil mesclar as cores, tanto com lápis branco, quanto com blender, ou mesmo somente ao colorir. Mesmo por que, por ser liso, o papel praticamente não transmite nenhuma textura ao desenho e esses recursos para mesclar as cores são quase desnecessários.
Eu testei esse papel apenas com lápis de cor, não utilizei nenhum tipo de tinta, então, por enquanto, não posso falar muito sobre isso. Trabalhei com quase todas as marcas de lápis de cor que possuo, quero ver quais vão me fornecer resultados melhores e montar um kit.

DICA: se o intuito é fazer um desenho com lápis de cor de mina dura e pouco pigmentada, não utilize esse papel. Ele não irá tirar nada desses lápis, ele não tem textura.

Enfim, no desenho acima, utilizei lápis tanto de cera, quanto aquarelável e o papel trabalhou bem com ambas as minas. Mas se tivesse à minha disposição, alguns Prismacolor, talvez obtivesse um resultado melhor (sério?). Não tenho costume de trabalhar com papeis sem textura e foi bem estranho trabalhar com este, contudo, acho que é questão de costume.

Acredito que por enquanto, essa seja uma das últimas postagens que vou fazer no blog. Vou focar minhas energias na produção de conteúdo para o canal, então aguardem.

O desenho que será utilizado para o vídeo piloto já esta pronto, agora vou tentar gravar o processo de pintura, editar e ver o que consigo com isso. Se der, vou publicar no Instagram um pouco desse processo.

Abraços e até breve.

13 de jul de 2017

Mestre Yoda

Boa tarde pessoal.

Finalizei mais uma pintura, outra preparação para o canal. Agora, se você não sabe quem é esta criaturinha, a força, não esta com você!

Mestre Yoda

Gastei pouco tempo para esboçar, limpar os traços, pintar e finalizar este desenho. Se fosse para agrupar todo o tempo, desses dois dias em que fiz essa pintura, encontraria no máximo dez horas de trabalho. E isso é um recorde para mim, o que demonstra que estou aprendendo a lidar com os conhecimentos que tenho sobre desenho, pintura e sobre os materiais que tenho à minha disposição.

Este trabalho também serviu para definir quais ferramentas eu preciso ter à mão, especificamente, para trabalhar com guache. Finalmente, acho que finalizei esse pack.

Confira a textura real
Espero que tenham gostado desse desenho tanto quanto eu. A seguir, vocês podem conferir os principais materiais utilizados nessa pintura.
  • Suporte: papel Canson Desenho 200g - Formato A4
  • Guache Talens
  • Caneta Pentel Gelly Roll - Branca
Como eu disse, esses são os materiais principais, nos vídeos, vocês conhecerão o kit completo.

Agradeço por visualizar, abraços e até breve.

PS.:  Não tirei fotos do processo por que minha câmera não está comigo essa semana, na próxima eu prometo fotos passo a passo.

7 de jul de 2017

Gorpo (Orko)

Saudações visitantes!

Para aquecer a mão para os desenhos do canal, fiz uma pintura do Gorpo (Orko no original). Agora, vou focar na gravação do vídeo piloto para o canal.

Se você não sabe quem é o Gorpo, parabéns! Acho que estou ficando velho, o Gorpo era uma espécie de mago trapalhão que tinha no desenho do He-Man. Não sabe o que é He-Man, então estou velho mesmo.


Utilizei, basicamente, guache para fazer esse desenho. Queria reforçar o pack de ferramentas que tenho para pintar com essa tinta, mas depois de testar o material com lápis de cor aquarelável profissional e com giz pastel seco, cheguei a uma confortável conclusão. Guache (Talens) é uma tinta muito completa e precisa de pouco ou nenhum tipo de intervenção de outra técnica de pintura ou material de arte.


Nesse desenho, os únicos acréscimos foram feitos com a caneta GellyRoll (branca) da Sakura e com Ecoline (branca), ou seja, apenas os pontos de luz intensa.


Tentei fazer a expansão da luminosidade da bola de energia com pastel seco, o problema é que os sulcos do papel já haviam sido preenchidos com o guache, o que tornou a técnica infrutífera. Até pensei em reforçar alguns detalhes com lápis de cor, mas foi desnecessário, com o pincel de ponta fina, fiz todos os detalhes.

Enfim, o guache é o meu material de pintura preferido e é completo. Realmente não preciso de praticamente nada para fazer boas pinturas com ele. Num futuro não muito distante, vocês verão como eu pinto com guache em vídeo, então aguardem.

Materiais:
  • Papel Canson - Desenho 200 A4
  • Guache Talens
  • Caneta GellyRoll branca
  • Ecoline branca
Só para finalizar, abri o programa de edição de vídeo outro dia e fiquei pálido. É muito difícil trabalhar com isso. Estou f@%#*$%##*$($!!!

Abraços e até breve.